quarta-feira, 29 de março de 2017

O Amor

Escrevi mais um poema sobre o amor...gosto do tema, gosto do sentimento!!!

"Você mudou a minha vida por completo e a tornou melhor.
Você fez dos meus dias tristes, dias felizes.
Você me encheu de amor, de um sentimento maior
Você deixou minha vida cheia de prazer e com muitos motivos para sorrir.
Você fez minha vida ganhar cor. 
Você deu sentido a tudo que vivi
Você está me transformando em um homem de verdade. Muito mais que isso, você se transformou na mulher da minha vida.
Você me mostrou que amar não é sofrer, muito pelo contrário, amar é a coisa mais maravilhosa desse mundo e foi você que me ensinou a amar de verdade.
Você trouxe paz e felicidade para a minha vida.
Quero ser digno desse amor!!!"

terça-feira, 21 de março de 2017

Sensações

Como os amigos sabem, tenho a pretensão de escrever poemas...a qualidade pode ser discutível, mas o sentimento é verdadeiro. Escrevi esse para uma mulher muito especial na minha vida e repito ele aqui.

"Mais do que um doce desejo, vejo teu corpo suado...
Correndo, planando, voando...
Cavalgando pelos pampas...
Como se os pampas estivessem em ti...



Eu sinto teu cheiro, mesmo não te vendo. Eu sinto teu corpo, sempre me querendo...
Tantas sensações, tantas situações...


Sem regras, com as nossas regras...
Sem pressa, com a nossa pressa...


A vontade de estar contigo, a vontade de entrar em ti...
Vivendo os momentos que temos, amando do jeito que queremos


Sem regras, com as nossas regras...
Sem pressa, com a nossa pressa...


Vendo a água descendo do monte, para que eu possa beber na tua fonte...


Sem regras, com as nossas regras...
Sem pressa, com a nossa pressa...



Sensações, situações"

sexta-feira, 10 de março de 2017

Frase do Dia

"Ludus est necessarius ad conversationem humanae vitae."  (O brincar é necessário para a vida humana)

São Tomás de Aquino

quinta-feira, 9 de março de 2017

A materialização da Emoção!!!

Quando eu era criança, cansei de ouvir de meu pai histórias sobre um futebol que eu nunca tinha visto, mas que através da narrativa apaixonada do velho, passei a nutrir o mesmo sentimento de paixão. Ontem, eu estava em meu trabalho, não pude assistir ao vivo a partida entre Barcelona x PSG e também me recusei a ouvir qualquer narração ou comentário a respeito da partida. 

Ao chegar em casa eu fui buscar assistir ao espetáculo (sem saber o resultado, obviamente), queria apenas curtir aquele esporte que tantas conversas maravilhosas renderam junto ao meu pai. Mas confesso que não estava preparado para o que assisti, parecia a materialização das conversas que tinha com meu querido pai, aliás, como eu gostaria que o velho Magno estivesse ao meu lado para assistir uma de suas histórias.

O Barcelona  precisava virar um 4x0 em 90 minutos no seu estádio. Só esse enredo já seria suficiente para deixar qualquer um vidrado nesse que era decantado como o jogo do ano, até então. O time catalão empurrando por sua gigantesca torcida, sai na frente logo aos 2 minutos de jogo com Luis Suarez, sendo Luis Suarez (uma disputa de bola pelo alto com a zaga francesa, que foi incapaz de segurar o furioso uruguaio). 

Fé no Camp Nou!!!

Ainda na primeira etapa, Iniesta fez uma jogada de puro talento e contou com as bençãos dos Deuses do futebol, para ampliar o placar para 2 x 0 (o zagueiro francês, atabalhoadamente, fez contra). Aquilo que havia sido planejado pela equipe espanhola começava a se materializar, dois gols ainda no primeiro tempo.

Esperança no Camp Nou!!!

Veio a segunda etapa e com ela algo que confesso não ter talento suficiente para descrever, mas que buscarei chegar o mais próximo possível da realidade (se é que aquilo tudo foi real). Neymar entrou pela esquerda, o zagueiro não aguenta acompanhar e cai, o brasileiro deixa o corpo cair por cima do desfalecido zagueiro parisiense. Pênalti! Um calafrio tomou conta das arquibancadas. Messi assume a responsabilidade e manda uma "pedrada" para as redes francesas. 3 x 0!

Euforia no Camp Nou!!!

Quando tudo caminhava para um desfecho favorável ao Barcelona (mais um gol e o jogo iria para as penalidades). Surge um outro uruguaio, tão goleador quanto o uruguaio do Barça, Cavani aproveita um vacilo da defesa e marca o gol do PSG. Gol este que todos no mundo e não somente no estádio, acreditavam ser o da classificação francesa (os espanhóis teriam pouco mais de meia hora para fazerem 3 gols, não havia mais a disputa por pênaltis).

Silêncio no Camp Nou!!!

Ai começa o que Nelson Rodrigues chamaria de "Sobrenatural de Almeida", que meu pai diria que era mais uma das maravilhas que ele viu do Santos de Pelé ou do Real Madrid de Di Stefano, algo que a literatura teria dificuldade para produzir algo com tanta carga emocional. Começa a surgir uma das mais épicas histórias desse espetáculo que é o futebol.

Faltando pouco tempo para o final do jogo, Neymar (com toda a certeza incorporado da magia dos gigantes do futebol) cobrou uma falta com tanta perfeição, que seria necessário ao goleiro francês ter asas para ir buscar a bola, como não as tem, coube à ele ver a bola entrar em sua meta, como um jato, o voo de um pássaro. 4 x 1 Resultado que valia pela honra catalã, mas que não servia para a classificação.

Aplausos no Camp Nou!!!

O resultado do jogo já mostrava que o que aconteceu em Paris no jogo de ida foi uma casualidade, a diferença entre as equipes era pequena demais para uma vantagem tão grande do PSG. Todos pareciam conformados, jogadores, torcedores, imprensa. Todos,, menos Neymar. O Brasileiro chamou pra si a responsabilidade do jogo e da classificação, passou a infernizar ainda mais a atordoada defesa do PSG. Mas foi Suarez, em um lance cavado na área, que sofreu a segunda penalidade do jogo. Tensão no estádio, caberia ao craque do time, Lionel Messi, a responsabilidade de trazer de volta um sopro de esperança para os catalães.

Mais ai prevaleceu a grandeza e o sangue frio de Neymar. Como um maduro jogador que é, chamou a responsabilidade da cobrança, tirou a bola de Messi e marcou mais um gol na partida, com uma frieza e categoria que impressionam até agora, um dia após o jogo. 5 x 1.. E agora? haveria tempo de marcar mais um gol faltando poucos minutos para acabar a peleja?

Tensão no Camp Nou!!!

Ah meu pai, o senhor deveria estar aqui para contar viver essa história para os seu neto e futuros bisnetos. Pois o que o mundo assistiu, pai, foi mais um lance de enorme precisão e genialidade de um jogador que começa a mudar de patamar na carreira, que começa a sair da condição de craque para a de Herói. Pressão total do Barcelona, todo o PSG na sua área se defendendo (até o goleiro da equipe catalã estava na área do adversário. Desespero puro. Final arrepiante. Eis que com uma calma absurda, consegue cortar a defesa francesa e encontrar Sergi Roberto livre na cara do goleiro, para marcar aquele que será para  eternidade, como o gol do "Milagre". 6 x 1...

Êxtase no Camp Nou!!!

Pai...a partir de ontem eu vi como o senhor tinha razão. esse tal de futebol é apaixonante, inacreditável, imprevisível. Confesso que sempre achei que o senhor exagerava um pouco nas suas histórias, que colocava uma pitada a mais de emoção apenas para a que a suas histórias tivessem uma dramaticidade maior. Ontem eu pude constatar que uma história pode ser contada com emoção sem precisar de retoques, a própria realidade se encarrega disso. Ontem eu vi a história sendo escrita. Pude ver o nascimento de um Herói e a transição de um reinado.

Pai...ontem eu pude constatar a "Materialização da Emoção"!!!




quarta-feira, 8 de março de 2017

Mais Humanos...

Em todas as minhas palestras e aulas, sempre há alguém que invariavelmente me pede para apresentar soluções para todas as aflições econômicas e sociais do mundo, ou seja, como se com um passe de mágica, eu tivesse as soluções necessárias para a evolução humana.
Inicialmente, eu simplesmente respondia que minhas pretensões não chegavam a tanto. Eu mal consigo resolver os meus problemas, quanto mais ter a pretensão de resolver as agruras da humanidade. Resumindo, eu não poderia trazer um alento aos meus inquisidores quanto aos seus problemas.
A decepção no olhar das pessoas era de uma visibilidade atroz.
Por este motivo, e para evitar novos desapontamentos, decidi escrever este texto para responder a esta pergunta, e de antemão peço desculpas aos leitores caso a resposta não seja aquela desejada ou que seja contrária ao pensamento de cada um que leia o texto.
Este pequeno texto expressa uma antiga crença minha: a de que o segredo para a prosperidade, para a liberdade e para a felicidade geral (coisas que considero básicas para um bem estar maior da humanidade) está no caráter pessoal de cada um.
Sim, a solução sempre começa no indivíduo. Impossível querer apresentar uma solução geral e coletiva sem antes começar pelo indivíduo.
O caráter de cada um é crucial não apenas para a prosperidade e para a felicidade, como também para a liberdade de toda uma sociedade. Com efeito, integridade e liberdade são dois lados da mesma moeda. Uma sociedade não pode usufruir a segunda sem a primeira. Nenhuma sociedade que perdeu seu caráter e sua integridade conseguiu manter sua liberdade e prosperidade. É impossível haver prosperidade e liberdade em um ambiente formado por pessoas escroques e indignas de confiança.
Portanto, sempre que alguém me pergunta "qual a minha solução para o mundo" (ou algo neste sentido), isto é o que eu respondo.
O mundo precisa de mais humanos que não tenham um preço pelo qual possam ser comprados; que não abram mão de sua integridade em prol de conveniências e vantagens próprias. Que tenham caráter e ética suficiente para não criarmos uma sociedade de corruptos (em todos os sentidos)
O mundo precisa de mais humanos cujo aperto de mão represente um contrato irrevogável.
O mundo precisa de mais humanos que não tenham medo de correr riscos para promover o que é ético e moral; que tenham a coragem de defender o que é verdade e não simplesmente aquilo que seja mais popular e palatável; e que não tenham medo de ir contra a maré da opinião dominante. Não se deixem tornar refém do que o senso comum apresenta como correto e verdadeiro.
O mundo precisa de mais humanos que coloquem princípios e consistência acima de ganhos políticos ou pessoais; que não acreditem que trapaça e esperteza sejam as chaves para o sucesso; e que sejam honestos em todas as questões, grandes e pequenas. Chega de acordos espúrios e um "Vale Tudo" pelo poder.
O mundo precisa de mais humanos cujas ambições sejam grandes o bastante para incluir terceiros; que saibam vencer com honra e perder com dignidade; e que ainda mantenham amizades genuínas feita há vinte ou trinta anos. Que consigam se colocar no lugar do outro.
O mundo precisa de mais humanos que sejam humildes o bastante para perceber que planejar suas próprias vidas é um desafio que exige dedicação em tempo integral, o que significa que eles não são ridículos ao ponto de acreditar que podem planejar as vidas e a economia de milhões de outras pessoas.
O mundo precisa de mais humanos que não considerem o governo central como a mais alta das autoridades. E entendam que o verdadeiro "governo" é o interesse da sociedade.
O mundo precisa de humanos que não tenham medo de assumir responsabilidades, que sejam adultos o bastante para aceitar cobranças e exigências, corajosos o bastante para falar a verdade a quem detém poder, e sábios o bastante para expressar gratidão àqueles que merecem.
O mundo precisa de mais humanos que sejam tolerantes com as diversidades e diferenças que fazem de cada pessoa um indivíduo singular; que não se sintam ameaçados pelas opiniões, estilos de vida ou fé daqueles que são pacíficos e respeitadores em sua conduta diária.
O mundo precisa de mais humanos que não exijam que políticos melhorem seu padrão de vida piorando o padrão de vida de outros; que entendam que criar valor por meio da produção, da inovação e do trabalho é uma vocação muito mais elevada do que exigir que o governo coercitivamente redistribua a renda e a propriedade de terceiros.
O mundo, em outras palavras, precisa de mais humanos que possuam aquela característica honrada pelo tempo, experiência e sensatez, e que nós chamamos de caráter.
Resumindo...precisamos de um mundo com mais Humanos!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Perguntar será que ofende

Como o PT pretende "salvar" o Brasil da crise, criada pelo próprio PT, usando as mesmas estratégias que geraram a crise???

Gramsci: da Arte à "Pedofilia" 5

Quero pedir escusas para os leitores pela demora em escrever a sequencia do ensaio que estou fazendo sobre a obra de Antonio Gramsci, mas a...